Minha área não tem nada a ver com acessibilidade digital. Mito ou verdade?




Grupo com aproximadamente 30 pessoas reunidas sorrindo, fazendo gestos com as mãos.

A nossa resposta para essa pergunta do título é: mito! Acessibilidade digital e inclusão são temas que devem ser tratados sempre de forma conjunta pelas organizações. Todo processo precisa incluir pessoas, seja no mundo físico ou virtual. A acessibilidade é transversal e envolve a conscientização de todos os indivíduos da sociedade e de cada departamento de uma organização. Só assim a diversidade se torna algo natural e a inclusão acontece de fato.

Uma boa notícia é que profissionais de diversas áreas estão cada vez mais interessados em saber como podem fazer parte do processo de transformação digital para a inclusão de pessoas com deficiência na web.
Representantes de organizações dos segmentos jurídico, alimentício, bens de consumo, educação, tecnologia, saúde, publicidade, agrícola, mobilidade e serviços participaram recentemente de nossas capacitações e debates. E, nesses encontros, havia profissionais das mais variadas áreas, tendo ou não responsabilidade direta com os canais digitais da organização que estava representando.

Capacitações pela acessibilidade digital

A capacitação que promovemos em parceria com o Google no início de maio deste ano foi prova disso. Quem participou: programadores, testers, conteudistas, especialistas em e-commerce e marketing digital, gestores de projetos e designers. Foram dois dias intensos de imersão e aprendizado sobre as melhores práticas para desenvolver projetos digitais, especialmente aplicativos, de forma acessível a todos.

Já com o time da Publicis, o foco foi sobre campanhas e peças publicitárias mais inclusivas. A agência faz parte do Grupo Publicis, terceiro maior conglomerado de comunicação do mundo. Neste mês, capacitamos os times de criação e conteúdo.

Na sexta-feira, 31 de maio, foi a vez de falarmos sobre o tema no XV Conbrascom (Congresso Brasileiro dos Assessores de Comunicação do Sistema de Justiça). Conversamos sobre acessibilidade digital com profissionais de comunicação de tribunais de justiça de diversas cidades brasileiras. A iniciativa parte do desejo de tornar mais transparente a forma e o jeito de se comunicar com a sociedade.

Campanha #GAAD 2019

Mas o que comprovou mesmo que acessibilidade digital é um tema que finalmente está entrando na pauta de todos foi a campanha #GAAD 2019. O Movimento Web para Todos apoia a iniciativa global e incentivou os brasileiros a fazerem o mesmo.

No dia 16 de maio, quando se comemorou o Dia Mundial de Conscientização sobre Acessibilidade, acompanhamos várias pessoas postando fotos e mensagens de apoio à causa em suas redes sociais com as hashtags #GAAD e #webparatodos. O próprio Governo Federal participou da campanha e realçou as diretrizes oficiais para criação de sites acessíveis.

Se você também quer fazer parte deste movimento pela acessibilidade digital e transformar os canais digitais da sua organização, mande uma mensagem pra gente por e-mail. O mesmo vale para profissionais autônomos que buscam capacitação nesta área.

Outras novidades

Você quer uma web para todos?

Abrace essa causa com a gente e compartilhe com seus amigos!