Conheça 5 dicas para fazer podcasts acessíveis



Foto de um microfone na frente da tela de um computador.
Microfone. Foto: Pixabay.

Segundo pesquisa do Ibope (2019), dos 120 milhões de internautas brasileiros, 50 milhões, o equivalente a 40%, já escutaram um programa de áudio. Apesar disso, outros 32%, aproximadamente 39 milhões de internautas, não sabem o que é um podcast.  Os podcasts são arquivos de áudio digital (e às vezes de vídeo) disponíveis na Internet para download em um dispositivo de escuta de mídia ou fluxo.

Eles estão se tornando tão populares que o Buzzsprout, um site de hospedagem de podcast, diz que 64% das pessoas sabem o que é um podcast (em comparação com 22% em 2006). Eles também declararam que até 2022, haverá cerca de 132 milhões de pessoas nos EUA ouvindo podcasts.

Mas como podemos fazer podcasts acessíveis?

Se você é um produtor de podcasts ou quer começar a produzir esse tipo de conteúdo, precisa garantir que seu material esteja prontamente disponível para todos os ouvintes. Aqui estão cinco maneiras de tornar os podcasts mais acessíveis:

1 – Forneça um site acessível
2 – Forneça um media player acessível
3 – Forneça uma transcrição
4 – Forneça legendas
5 – Ofereça métodos alternativos

1. FORNEÇA UM SITE ACESSÍVEL

Se os seus podcasts estiverem configurados em um site inacessível, algumas pessoas com deficiência podem não conseguir ou não querem encontrá-las ou usá-las, e você teria perdido uma grande audiência ao abrir a porta a riscos legais. Então, o primeiro passo é ter um site acessível.

Não sabe ainda o que é acessibilidade? Confira, abaixo, alguns princípios básicos:
– É preciso que tenha contraste suficiente entre as cores do texto e o plano de fundo.
– O conteúdo precisar ser acessado por leitores de tela e outras tecnologias assistivas.
– Todas as imagens precisam ter uma alternativa em texto.
– Tudo precisa ser navegável e operável por teclado, controle de voz e outros métodos além de um mouse.
– É importante que tenham alternativas para conteúdos, como áudio e vídeo.

2. FORNEÇA UM MEDIA PLAYER ACESSÍVEL

O media player que você escolher também afetará o quão bem, se for o caso, algumas pessoas podem reproduzir seu podcast.
Alguns dos itens que você precisa conferir:

– Os controles podem ser alcançados e eles funcionam com um teclado.
– Os controles são identificados claramente e podem ser lidos pelos leitores de tela.
– As opções de reprodução estão igualmente disponíveis para todos e os controles são ajustáveis, conforme necessário.

3. FORNEÇA UMA TRANSCRIÇÃO

Indiscutivelmente, a consideração de acessibilidade mais importante para podcasts é fornecer uma transcrição de texto de todos os elementos de áudio. Isso significa mais do que apenas as partes faladas – inclui qualquer ruído de fundo, efeitos sonoros e outros componentes relevantes que acompanham a palavra falada.

É importante não confiar apenas nas transcrições geradas automaticamente, pois elas tendem a não ser totalmente precisas. Se você usá-las, lembre-se de editá-las para que você forneça um conteúdo de qualidade.

Uma sugestão é começar com o script de podcast, se disponível, e editar conforme necessário. Muitos produtores de podcast escrevem um script ou estrutura de tópicos para que ele tenha um excelente ponto de partida.

4. FORNEÇA LEGENDAS (TALVEZ)

Alguns podcasts incluem um elemento de vídeo para que haja alguma mídia visual para acompanhar o áudio. Se o seu podcast for desse tipo, você precisará fornecer legendas ocultas.
Assim como nas transcrições, é importante que tenha legenda de todos os elementos de áudio no vídeo. Novamente, verifique se as legendas estão livres de erros e não confie apenas nas ferramentas de geração automática.

5. OFEREÇA MÉTODOS ALTERNATIVOS

Por fim, você pode oferecer maneiras alternativas de salvar e reproduzir seus podcasts.

Ofereça sua série de podcast em um arquivo zip para que as pessoas baixem e ouçam da maneira que funcionar melhor para elas, talvez com seu media player preferido.

Faça o vídeo dos seus podcasts enquanto os lê, semelhante à forma como alguns programas de rádio populares podem ter uma versão em vídeo.

Algumas pessoas gostam ou podem seguir melhor o conteúdo quando também podem vê-lo.

Disponibilize seus podcasts com controles de voz, como o Alexa.

Fonte: Conteúdo traduzido e adaptado do site Bureau of Internet Accessibility.

Outras novidades