Web para Todos participa de programa de aceleração


Pessoas sentadas, segurando post-its. Na frente delas, há uma mesa com vários papéis e canetas em cima.
Pessoas estão sentadas, mexendo em post-its. Foto: Pixabay / Creative Commons CC0.

Estamos no caminho para acelerar ainda mais a transformação da sociedade por uma web acessível e inclusiva!

Em novembro deste ano, começamos a participar do Programa Hangar 001, iniciativa do Quintessa, da Pipe.Social e do civi-co. Nós estamos entre os 15 selecionados. Ao todo, foram 78 inscritos.

O objetivo da iniciativa é impulsionar negócios de impacto para a validação de um modelo de negócio que seja escalável, lucrativo e que gere impacto socioambiental relevante. Os empreendedores vão participar de diversos workshops com a metodologia Quintessa entre 12 de novembro e 26 de março de 2019.

Além do Movimento Web para Todos, os negócios selecionados foram: Agregado Ecológico, Amnie Cosméticos, Be Cause, Biblioteca Acessível, Co-Criança, Coletivo da Saúde Mental, Connecting Food, Eu sou Reversa, Os Leguminhos, Papel de Menino, Pode Perguntar, Recikle, Roupateca, Studio Lobo Guará.

Como o programa acontece

A participação dos empreendedores em workshops com a metodologia Quintessa (validação de modelos de negócio), rodada de mentoria, encontros individuais para orientação personalizada, acesso à rede de relacionamentos Hangar, mentoria com a BNZ Advogados e desconto para acessar áreas do civi-co.

Os participantes também contam com a Confraria Hangar que permite a conexão com executivos de destaque no mercado e empreendedores experientes. Tudo isso em meio a um happy hour. Além disso, há um dia chamado “Demoday”, com a apresentação/pitch dos negócios para potenciais investidores (com foco em venture capital e investimentos de impacto). 

Com informações do site Notícias de Impacto.

 

Outras novidades

Você quer uma web para todos?

Abrace essa causa com a gente e compartilhe com seus amigos!